Mostrando postagens com marcador Dicas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dicas. Mostrar todas as postagens

Resolvendo ia32-libs problema de instalação no Ubuntu pangolin 12.04 precise


"Instalando ia32-libs" no Ubuntu 12,04 Pangolin Precise vai fazer você coçar a cabeça, porque há notificação de erro diversas após a instalação. Mesmo usando "dpkg-reconfigure-a" não ajuda. Na verdade, a solução é bastante simples.
Primeiro, você precisa remover "ia32-libs", "bluez" e os pacotes relacionados com ele (Se você já instalou e enfrentando erro).
Então, você pode começar a instalar ia32-libs de maneiras corretas:
sudo apt-get install ia32-libs-multiarch:i386
 
sudo apt-get install ia32-libs



fonte : http://yoodey.com/solving-ia32-libs-installation-problem-ubuntu-1204-precise-pangolin


Bom isso resolveu meu problema em relação a instalação de uma aplicação.

Erro na instalação do yEd

Bom este erro que tive foi na instalação do yEd em um sistema Ubuntu 64 bits , entao notei que foi necessario a instalação que permitisse  ele fosse executado normalmente dos seguintes pacotes , para instalar passe os seguintes comandos :

apt-get install ia32-libs ia32-libs-gtk

Programa para CAD (deb e rpm)

Introdução


Esta e uma dificuldade de muitas pessoas ao usarem uma distro do Linux , causando assim uma dor de cabeça e resistência em migra para sistema operacional livre , este problema vem sendo resolvido com a maior colaboração dos desenvolvedores que permitem hoje em dia termos softwares que ajudem na migração, principalmente para aqueles que gostam da mudança e claro da grande ajuda da comunidade.

Draftsight

Esse e um dos melhores quando se pense em instalar em um sistema operacional que rode qualquer Distro Linux seja ela com pacotes debs ou rpm .

Para efetuar o download de forma simples indo direto ao site do desenvolvedor :

http://www.3ds.com/products/draftsight/download-draftsight/

E possível encontra versão em pacotes RPM ou DEB para a instalação no sistema operacional do seu gosto .

LibreCad

LibreCAD é uma fonte aberta livre aplicação CAD para Windows, Apple e Linux. Suporte e documentação está livre de nossa comunidade, dedicado grande de usuários, colaboradores e desenvolvedores. Você também pode se envolver!



Compilações diárias no Ubuntu PPA

Para aqueles usuários que querem viver na borda do sangramento e experimentar os novos recursos, pois eles são empurrados para o nosso repositório github, você pode usar nosso Compilação Diária PPA, disponível para Ubuntu 10.10 (Maverick) e posterior. Primeiro, instale LibreCAD conforme instruções acima. Então:
$ sudo add-apt-repository ppa:librecad-dev/librecad-daily
Para manter-se atualizado com a nova construção, basta usar Ubuntu "Update Manager" ou:
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get upgrade
Esse comando vai instalar o código mais recente comprometido com o ramo mestre em www.github.com / LibreCAD / LibreCAD . Por favor, relatar quaisquer bugs que você tem como "Problemas" na www.github.com questões / / LibreCAD / LibreCAD .

Instalação do Debian

LibreCAD está disponível no repositório principal do Debian 7.0 (Wheezy) e mais tarde como "librecad". Use seu gerenciador de pacotes favorito (por exemplo, aptitude, synaptic, etc), ou simplesmente:
# Apt-get install librecad
instala e configura-lo para você para cada arquitetura. Você sempre pode encontrar a versão mais recente no Debian .
Se você não estiver executando unstable / sid, e ainda deseja atualizar LibreCAD para uma nova versão no sid instável /, você pode baixar os debs LibreCAD do Debian , e instalá-las manualmente em seu sistema por "dpkg-i",
# Dpkg-i / path/to/librecad_1.0.0 ~ rc3 + nolibs-1_i386.deb
# Dpkg-i / path/to/librecad-data_1.0.0 ~ rc3 + nolibs-1_i386.deb


Fonte : http://librecad.org/cms/home/installation/linux.html


Instalando LibreOffice - Distro baseadas em pacotes RPM

Neste breve tutorial faremos uma instalação do Libreoffice com pacotes do tipo RPM .
(Este tutorial serve para Centos , Fedora e RedHat)

baixe os arquivos de instalação do LibreOffice :



Depois de fazer os downloads entre na pasta  e descompacte os arquivos via terminal .

tar xzvf LibO_3.6.3_Linux_x86_install-rpm_en-US.tar.gz

Depois de descompactar  vai ser criado dois diretórios readme e RPMS então entre no diretório RMPS

cd LibO_3.6.3rc_Linux_x86_install-rpm_en-US/RPMS

Ja dentro da pasta execute o seguinte comando

yum install *.rpm

Depois na mesma pasta  para o seguinte diretório :

cd desktop-integration

Agora execute o seguinte comando :

yum install libreoffice3.4-redhat-menus-3.4-103.noarch.rpm

Pronto assim esta instalado no menu do seu sistema. 






Bloqueio de arquivos - LibreOffice


O bloqueio de arquivo está ativado por padrão no LibreOffice. Em uma rede com o protocolo NFS (Network File System), o daemon de travamento para clientes NFS deve estar ativo. Para desativar o bloqueio de arquivos, edite o script soffice e mude a linha "export SAL_ENABLE_FILE_LOCKING" para "# export SAL_ENABLE_FILE_LOCKING". Se desativar o bloqueio de arquivo, o acesso de escrita de um documento não terá restrição ao usuário que primeiro abrir o documento.
Em alguns casos onde este problema persiste , quando uma pessoa abre o arquivo mesmo apos fechar o mesmo outra pessoa ao tenta abrir o mesmo não consegue devido a este ficar somente leitura. Para resolução editer o script soffice.sh :

nano /etc/libreoffice/soffice.sh

Na linha onde esta escrito

FILE_LOCKING=auto
 
Troque por

FILE_LOCKING=no

------------------------------------------------------------------------------------------------------
LIBREOFFICE 3.6
No Ubuntu 12.04 utilizando o Libreoffice 3.6 o nome do arquivo e apenas soffice e nao soffice.sh ,  no arquivo soffice  que esta em :
nano /etc/libreoffice3.6/soffice
Descomente as seguintes linhas :
#STAR_PROFILE_LOCKING_DISABLE=1
#export STAR_PROFILE_LOCKING_DISABLE
Ficando assim
STAR_PROFILE_LOCKING_DISABLE=1
export STAR_PROFILE_LOCKING_DISABLE
Comente as seguintes linhas que não estão comentadas :
SAL_ENABLE_FILE_LOCKING=1
export  SAL_ENABLE_FILE_LOCKING
ficando assim  
#SAL_ENABLE_FILE_LOCKING=1
#export  SAL_ENABLE_FILE_LOCKING

Instalando LibreOffice - Distro baseadas em DEBS

Neste breve tutorial faremos uma instalação do Libreoffice com pacotes do tipo DEBS , e necessário que se remova a instalação que vem por padrão para isso use o seguinte comando :

apt-get remove libreoffice* 

Apos executar este comando no terminal  , baixe os arquivos de instalação do LibreOffice :

Baixar o LibreOffice


O site ja identifica a sua versão de sistema operacional então faça os downloads :

Instalador Principal

Interface Traduzida

Ajuda Interna do LibreOffice

Depois de fazer os downloads entre na pasta  e descompacte os arquivos via terminal .


tar -xvf  LibO_3.6.3_Linux_x86_install-deb_en-US.tar.gz 

cd   LibO_3.6.3_Linux_x86_install-deb_en-US/DEBS

Execute o seguinte comando apos esta dentro da pasta DEBS

dpkg -i *.deb 

Agora no mesmo diretório entre na pasta desktop-integration :

dpkg -i *.deb

O processo de instalação está agora terminado e você deverá ter os ícones para todas as aplicações do LibreOffice no seu menu Aplicações/Escritório.       


Libre Office- Suite de escritório

LibreOffice 

A suite livre para escritório, cada vez mais compatível e atualizada as demandas das empresas , para que garantir ao ambiente corporativo com uma melhor adaptação e produtividade.

O LibreOffice é uma suite de escritório livre compatível com as principais suítes de escritório do mercado. Oferece todas as funções esperadas de uma suite profissional: editor de textos, planilha, apresentação, editor de desenhos e banco de dados.


Esta suite livre aceita doações caso vc deseje contribuir  aqui esta o link :

donate-brasil


Bom para quem deseja aprender mais sobre também a manuais disponível :


Baixar o Manual do LibreOffice


Também e possível obter extensões e modelos para o mesmo :


Baixar adicionais para o LibreOffice   Baixar modelos de documentos


Agora se deseja utilizar o LibreOffice e só fazer o download e instalar tanto para Windows ou Distribuições Linux :

Baixar o LibreOffice

Troca de Imagen do Grub e tela de login (Debian 6)


Abaixo temos o caminho onde devemos trocar  para customizar o Debian 6 com imagens de nossa preferencia.


troca imagen da grub

/etc/alternatives/

troca imagen da tela de login

/usr/share/images/desktop-base/

Troca o nome da maquina apos a instalação(Ubuntu)

Bom se você deseja troca o nome da sua maquina apos a instalação apenas edite o seguinte arquivo:

nano /etc/hostname

Apos aberto o arquivo apague o nome que estiver dentro e coloque o nome de sua preferencia para sua maquina.

Acesso a terminais Mainframe

Neste simples tutorial mostrarei duas alternativas utilizadas para tal fim, que permite que se possa utilizar os terminais para acesso e trabalhar normalmente nestes através do Ubuntu.

A dois programas que podem ser utilizados o primeiro e o x3270 , abaixo vamos instalar e configura:

1-Passo

apt-get install x3270

2-Passo
Configura o mesmo para o acesso ao ip desejado para se conectar ao terminal mainframe

Na aba connect digite o numero do ip para a conexão.

O segundo programa e o PW3270 vamos instalar e configura este agora :

O PW3270 e um software publico esta disponível na comunidade  do site :

http://www.softwarepublico.gov.br/ver-comunidade?community_id=12815452

Apos se cadastra e possivel acessa a comunidade ,entra em suas lista de  ajuda e baixa os arquivos referentes a sua instalação, abaixo um breve tutorial de como compilar e instalar o PW3270 :


Instalar o openSSL-devel, que permite ao pw3270 abrir conexões seguras: 

$ sudo apt-get install libssl-dev 

Instalar o gnome-devel, que permite uma melhor integração com o ambiente Gnome: 

$ sudo apt-get install libgnome-dev 

Instalando o automake: 

$ sudo apt-get install automake 

Instalar o gtk2-devel: 

$ sudo apt-get install libgtk2.0-dev 

Agora sim vamos instalar o PW3270: 

$ svn checkout http://svn.softwarepublico.gov.br/svn/pw3270/trunk/latest ./pw3270
$ cd pw3270
$ ./bootstrap.sh
$ ./configure
$ make
$ sudo make install
 


fonte : http://www.vivaolinux.com.br/dica/Instalar-o-emulador-de-Telnet-PW3270

Ubuntu 12.04 com gnome 2 (Usando o MATE)



Passos

1- Passo adicionar ao repositório :

sudo add-apt-repository "deb http://packages.mate-desktop.org/repo/ubuntu precise main"

2-Passo executar update

sudo apt-get update

3- Passo instalação arquivos do Mate

sudo apt-get install mate-archive-keyring

4-Passo instalando a interface Mate

sudo apt-get install mate-core mate-desktop-environment


fonte: http://www.ubuntero.com.br/2012/05/mate-fork-do-gnome-2-no-ubuntu-12-04/

Definindo o gnome shell para inicio de seção


Passo 1. 
Vá em Aplicativos, então em Acessórios e acesse o Terminal no Ubuntu;

Passo 2.
 Dentro do "Terminal", digite o seguinte comando:
$ sudo /usr/lib/lightdm/lightdm-set-defaults -s gnome-shell

Pronto! Agora a interface Gnome Shell será a padrão do seu sistema. Caso deseje retornar ao Unity, basta repetir o primeiro passo e digitar no terminal o comando "sudo /usr/lib/lightdm/lightdm-set-defaults -s ubuntu", também sem as aspas.

Personalizar uma HOME como padrão


Bom  para fazer isso , primeiro personalize um usuário do seu sistema no meu caso eu criei um usuário chamado teste, que personalizei o Desktop com os programas a se utilizar para todo e qualquer usuario que faça o login na maquina .

1-Passo

Como usuário root e não logado no usuário que servira de base para customização abra o terminal e digite o seguinte comando :

 #rm -rf /etc/skel

2-Passo

Digitando o seguinte comando a seguir  sera feito o padrão com pastas e areá de trabalho :

#cp -a /home/teste /etc/skel # chown -R root.root /etc/skel

Ampliador de tela (Lupa) -Compiz


A adoção desta solução permite a compatibilidade de ajudar desenvolver o  trabalho de uma forma melhor utilizando dessa tecnologia de acessibilidade disponível no Ubuntu11.04 através do compiz.

Descrição da Solução :

1-Caminho onde esta a opção :

Sistema -> Preferências -> Gerenciador de Configurações do CompizConfig
CCSM -> Acessibilidade -> Lupa

Você pode encontra um conflito com o plugin negativo para que não venha a acontecer este fato e necessário que se faça a alteração do atalho.

Iniciar(Padrão) = Super+m, clicando sobre o botão, na janela que se abrir clica em Capturar Combinação de Teclas, aqui selecionei Crtl+z .

O modulo da lupa disponível no compiz oferece três opções de visualização,a primeira e a simples(formato retangular), a segunda e sobreposição da imagem(imagem de uma lupa) a terceira e olho de peixe(uma onda).

Fazendo as configurações a sua necessárias ao que você precisa , a solução atendera bem a questão de acessibilidade .

Editores de texto para linha de comando (VIM,NANO e PICO)

Uma introdução a alguns editores de texto usados na linha de comando de sistemas operacionais Linux.
Para que isso vamos aos principais VIM, NANO e PICO .


VIM

O editor vim  é uma versão mais poderosa e maior em termos de espaço em disco e requisitos de memória do editor de texto vi. Editor utilizado e bem difundido entre as pessoas que utilizam sistemas Linux.

Bom, meu vim não esta colorido e agora  como faço?

R- Então vamos habilitar, faça o login como root no terminal e edite o seguinte arquivo :

vim /etc/vim/vimrc

Procure pela palavra “syntax”. Para procurar digite / e aperte enter, ele irá procurar pela palavra syntax por todo o texto, e vai achar isto:

#syntax on

Descomente a  linha que ficara assim:

syntax on

agora salve o arquivo, para salvar você precisa sair do modo de edição, para isso aperte ESC e digite :

:wq

Alguns Comandos para utilizar o VIM : 

i – insere texto a partir do cursor.
I – insere texto a partir da primeira palavra da linha atual.
U – desfaz as alterações realizadas após ter salvo o texto.

dd – remove a linha atual.
yy – copia a linha atual.
p – adiciona ao texto informações copiadas ou recortadas.
D – remove o resto da linha a partir do cursor.
x – remove o caractere sob o cursor.
s – remove o caractere sob o cursor e entra em modo de inserção.
a – entra em modo de inserção na posição seguinte ao cursor.
r + carac – substitui o caractere sob o cursor por carac.
R – entra no modo de inserção substituindo o texto contido após o cursor pelo que for digitado, até que se pressione ESC.


Navegação
e – avança para o fim da palavra.
w – avança para o inicio da palavra.
b – retrocede para o inicio da palavra.
numb + G – vai para a linha de número igual a numb.
: numb – vai para a linha de número numb.
gg – vai para a primeira linha
G – vai para a última linha.
HOME – vai para o inicio da linha
END – vai para o fim da linha
PAGE DOWN – desce uma tela
PAGE UP – sobe uma tela
NANO
O editor nano  e na verdade um clone do editor pico , o nano foi criado em 1999 com o nome de 'TIP' .

Todas combinações do nano sao utilizando a tecla Ctrl:


  • CTRL-x - Sai do editor. Se você estiver no meio da edição de um arquivo, o processo de saída irá perguntar se você quer salvar seu trabalho.
  • CTRL-R - Ler um arquivo em seu arquivo de trabalho atual. Isso permite que você adicione o texto de outro arquivo enquanto trabalha dentro de um novo arquivo.
  • CTRL-c - Mostra a posição atual do cursor.
  • CTRL-k - 'recorta' o texto.
  • CTRL-U - 'cola' o texto.
  • CTRL S - Salva o arquivo e continua trabalhando.
  • CTRL-T - verifica a ortografia do seu texto.
  • CTRL-w - faz uma busca no texto.
  • CTRL-a- leva o cursor para o início da linha.
  • CTRL-e - leva o cursor para o fim da linha.
  • CTRL-g - mostra a ajuda do Nano.

PICO

É um editor de textosde domínio público elaborado pela Universidade de Washington. 

Abaixo uma lista de seus comandos:

^G      Abrir texto de ajuda, ótimo para entender parâmetros do pico.
^X      Fecha o buffer do arquivo atual e posteriormente sair do pico.
^O      Escreve o arquivo atual no disco, ou seja, salva o arquivo.
^J       Justifica o parágrafo atual.
^F       Avançar o cursor em um caractere.
^B       Voltar o cursor em um caractere.
^Space     Avançar o cursor em uma palavra
^A       Vai para o início da linha atual.
^E       Vai para o fim da linha atual.
^R       Insere o conteúdo de outro arquivo no arquivo atual.
^W      Procurar por uma string ou um expressão regular.
^Y        Ir para a tela anterior ou para o iníco do arquivo.
^V        Ir para a próxima tela ou final do arquivo.
^I         Inserir um caractere tabular na posição do cursor.
^M       Inserir quebra de linha na posição do cursor.
.^D        Apagar o caractere sob o cursor.
^H        Apagar o caractere a esquerda do cursor.
^K        Recortar a linha atual e guarda a mesma no buffer.
^U       Colar do buffer para a linha atual.
^C        Mostrar a posição do cursor.
^T        Chamar pelo verificador ortográfico, se disponível


Instalando o Dia no Ubuntu

Com uma simples linha de comando abra o terminal e digite :


 apt-get install dia

Pronto esta instalado no Ubuntu o Dia .

Para utilizar vá ate o menu Aplicativos > Gráficos > Dia .

yEd - O editor gráfico multiplataforma

Se deseja um editor gráfico bom e funcional e de fácil portabilidade conheça o yEd , Criar diagramas manualmente ou importar seus dados externos para análise. Nossos algoritmos de layout automático organizar dados mesmo grandes conjuntos com apenas um premir de um botão.



Conheça mais no site do desenvolvedor  e veja suas opções para atender a sua questões de trabalho com esta ferramenta.

Acesse documentação :

http://www.yworks.com/en/products_yfiles_practicalinfo_documentation.html

Bom avisando o software requer que se tenha um nível médio de inglês para usar as funcionalidades e melhor compreender o funcionamento desta ferramenta .

Ubuntu 12.10 Novidades


Uma das mais notáveis ​​é a existência de uma única imagem ISO de 800 MB e, portanto, "não se encaixa" em um CD convencional "- e é projetado para uso em uma unidade flash USB ou DVD. Assim, em vez de ter de escolher diferentes imagens para x86 ou x86_64 opções diferentes, todas estas alternativas estão integrados numa única imagem. Entre as conseqüências: como notificação, a imagem desaparece "alternativo" .
Entre os novos recursos é o maior apoio para webapps, tentando remover a barreira entre o aplicativo nativo ea aplicação web, e cujos exemplos claros para o Twitter ou o Gmail, que pode ser "preso" na barra lateral esquerda, o Doca unidade conhecido.

Apenas se concentre em Unity é outro dos destaques da distribuição, com notícias e previews, que oferece uma pré-visualização dos aplicativos e arquivos para o qual estão se movendo na Dash. Essas visualizações também afetam a instalação de aplicações que evitam que nós temos que passar pelo Ubuntu Software Center, e podemos olhar para a aplicação desejada e depois instalá-lo sem que o gerente tradicional. Ele também melhorou como Expo (Espalhe na Unidade), e podemos fechar janelas abertas a partir da visualização de miniaturas de aplicativos abertos.

Nesta edição do Ubuntu somarmos os oficiais restantes distribuições derivadas, que fica em Ubuntu Server 12.10, que está incluído no OpenStack "Folsom", a última versão da plataforma para lançar todos os tipos de implementações baseadas Cloud Computing Soluções Open Source. Ele também integrou o Tomcat 7, um novo sistema de arquivo distribuído chamado Ceph , e atualizado a ferramenta Juju provisionamento em ambientes corporativos, uma espécie de "apt-get para serviços" que facilita tal WordPress inicialização com todos os seus componentes (servidor web, banco de dados e suporte a PHP).

fonte : http://www.muylinux.com/2012/10/18/ubuntu-12-10-quantal-quetzal-disponible/

Placa de Rede(Wi-Fi) sem Funcionar no Ubuntu 11.10

Um problema que tive recentemente na empresa onde trabalho, foi que algumas placa de rede de uma marca especifica não funcionaram de primeira no Ubuntu , então apos algumas pesquisa o problema foi resolvido em 2 horas... pareceu uma eternidade principalmente como estávamos  trocando as maquinas para mais novas.

1- Passo
 O download do arquivo a seguir e de importância pós ajudar a configura corretamente este tipo de placa de rede sem fio , acesse o link e faça download :

Placa de rede tipo ranlink

2-Passo
Fazer alterações necessárias no arquivo, descompactar  o arquivo que baixou  e entra na pasta para   fazer  as seguintes alterações :

entre na pasta :

os/linux

E edite o seguinte arquivo :

nano config.mk

(pode usar qualquer outro editor da sua escolha)

Procure pelas seguintes linhas no arquivo que você esta editando :


HAS_WPA_SUPPLICANT = n
HAS_NATIVE_WPA_SUPPLICANT_SUPPORT = n

Apenas troque o n pelo y .

HAS_WPA_SUPPLICANT = y
HAS_NATIVE_WPA_SUPPLICANT_SUPPORT = y 

Depois de fazer isto feche o arquivo vamos a segunda parte dessa instalação do driver para placas de rede ranlink.


3- Passo

Agora sai da pasta que vc esta atual no terminal :

cd..

Na pasta descompactada do arquivo  entre e va aos seguintes comandos para utilizar :

cd  /Downloads/DPO_RT3562_3592_3062_LinuxSTA_V2.4.1.1_20101217

Depois de esta na pasta siga fazendo os seguintes comandos :

make 

Apos ele o segundo comando

make install

E depois o terceiro

modprobe rt3562sta

4- Passo

Edite o arquivo


nano /etc/modprobe.d/blacklist.conf

E adicione dentro do arquivo as seguintes linhas :

blacklist rt2800pci
blacklist rt2800lib
blacklist rt2800usb
blacklist rt2x00pci 
blacklist rt2x00lib 
blacklist rt2x00usb 

Basta agora salva o arquivo e reiniciar a maquina para que volte funcionar, não de logoff nem fechar a sessão apenas reinicie.




Comandos de Ajuda e Documentação


apropos


Localiza comandos por pesquisa de palavra-chave

find

Localiza comandos por pesquisa de palavra-chave
Localizar ficheiros, como por exemplo: find . -name
*.txt -print, para pesquisa de ficheiros de texto por
entre os ficheiros da directoria actual.

info

Lança o explorador de informações.

man

Manual muito completo, pesquisa informação acerca
de todos os comandos que necessitemos de saber,
como por exemplo man find.

whatis

Descreve o que um determinado comando é.

whereis

Localizar a página de ajuda (man page), código
fonte, ou ficheiros binários, de um determinado
programa.